Rede de Percursos Pedestres da Lezíria do Tejo


PR1 Benavente
Localidade servida pela autoestrada A10, A13 e A1 tem estação central de camionagem. Em 1199, a fixação de colonos na margem sul do Tejo, conduziu ao surgimento da povoação que recebeu foral no ano de 1200 dado por D. Paio, mestre da Ordem de Calatrava e confirmado em 1218 por D. Sancho I. Localizada nas grandes lezírias do Tejo é conhecida pelas ganadarias e coudelarias de reconhecido valor e pela figura típica e corajosa que é o campino que com as suas vestes garridas dá especial colorido à lezíria e às festas tradicionais. Na gastronomia merece destaque o Cozido Bravo à Ribatejana, o Torricado, a Açorda de Sável, as Migas com Entrecosto ou Bacalhau e o Ensopado de Enguias, o Bolo Podre, e os pratos de arroz carolino das lezírias ribatejanas. É também zona importante na produção agrícola merecendo destaque o seu arroz carolino. Tesouro natural do concelho é uma parte do estuário do Tejo considerado uma das zonas húmidas mais importantes da Europa acolhendo anualmente milhares de aves que aqui passam o inverno longe dos rigores do norte europeu.



coordenadas gps-wgs84
38.984470, -8.813076

voltarvoltar
Turismo do Alentejo
INALENTEJO QREN União Europeia